Petrobras reajustará preço do GLP industrial entre 6,3% e 6,9%

Com o aumento, o Sindigás calcula que o valor do produto destinado a embalagens maiores que 13 quilos ficará 39,2% acima da paridade de importação

Comércio varejista de gás liqüefeito de petróleo (GLP)

GLP: o aumento de preço será entre 6,3% a 6,9% (Damien Meyer/AFP)

Rio – O Sindigás informou que suas empresas associadas foram comunicadas nesta terça-feira, à tarde, pela Petrobras sobre o reajuste do preço do GLP industrial (para embalagens acima de 13 quilos), válido a partir da 0h da quarta-feira, dia 16 de agosto, nas unidades da petroleira.

De acordo com as informações que as distribuidoras receberam da Petrobras, o aumento de preço será entre 6,3% a 6,9%, dependendo do polo de suprimento.

Em nota, o Sindigás diz que o aumento do GLP para embalagens que atendem o comércio e a indústria é preocupante, pois afasta ainda mais o preço interno dos valores praticados no mercado internacional, impactando justamente setores que precisam reduzir custos.

Com o aumento de preços, a contar a partir de amanhã, o Sindigás calcula que o valor do produto destinado a embalagens maiores que 13 quilos ficará 39,2% acima da paridade de importação.

Fonte: Exame

Comentar

Seu email nunca será publicado ou distribuído. Campos obrigatórios estão marcados com *

*
*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>